Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Aula: Orai e Vigiai: Prece, pensamentos positivos - juventude - 21/02/2009

PROGRAMA 2009 - AULA APLICADA


EDUCAÇÃO ESPÍRITA JUVENIL - PRÉ MOCIDADE

FEVEREIRO

Tema Central: Integração na casa espírita


Objetivo Formativo: Desenvolver a união e bem estar no grupo


Objetivo Informativo: Reconhecer os laços de amizade/afinidade

21/02

Orai e Vigiai: Prece, pensamentos positivos

Resumo

  1. Prece inicial 5’
  2. Atividade Inicial: Dinâmica do anuncio 25’
  3. Expor o tema não deixando de frisar a casa espírita como nosso ambiente nesta uma hora de estudo e como as características negativas utilizadas na dinâmica podem afetar nossos pensamentos, interferindo no nosso julgamento na nossa vida pessoal, escolar e religiosa. 5’
  4. Atividade Central: Jogo perguntas e respostas 20’
  5. Prece Final 5’

Dinâmica

Atividade Inicial: Dinâmica do Anúncio

Objetivo: Favorece a integração dos participantes, despertando o interesse de se conhecerem e ajudando a “quebrar o gelo“.

Participantes: mínimo 6 pessoas

Material necessário: folhas em branco, canetas e balões coloridos.

Aplicação:

1. Para iniciar a atividade, distribua uma caneta, uma folha de papel e um balão para cada um; Inicie a atividade comentando sobre como, em certas ocasiões, as pessoas que não conhecemos podem nos surpreender e se tornarem nossas grandes amigas. Para isso acontecer, basta termos a oportunidade de conhecê-las; Peça para todos encherem seus balões, “descarregando” dentro deles, pelo menos um sentimento negativo que nos impedem de fazer novos amigos: arrogância, rudez, frieza, etc… e que, após cheios e fechados, todos os balões devem ser depositados no centro do círculo. 5’

2. Instrua-os que escrevam um “Anúncio Classificado”: um texto simples, curto e atraente, igual a um anúncio comum desses que se lê em jornais e revistas.

Este texto deve “anunciar” o seu autor, como se a própria pessoa fosse um produto ou serviço que todos gostariam de comprar ou conhecer. Incentive a criatividade dos participantes, apresentando um “anúncio classificado modelo”, escrito por você mesmo.

Obs.: Ninguém deve escrever o próprio nome.

Determine um tempo máximo de 10 minutos. 10’

3. Quando todos tiverem seus “anúncios” prontos, recolha-os, afixe-os em um quadro ou parede e convide a todos que “passeiem” pelo “mural de anúncios” e escolham um, que gostariam de “adquirir”.

Novamente sentados, com os “anúncios” que escolheram em mãos, os integrantes devem dizer por que fizeram a sua escolha.

Deixe que todos os integrantes falem sobre suas escolhas e, somente depois que todos falarem, instrua que cada pessoa revele o “anúncio” que é de sua autoria. 10’

4. Encerre a atividade com todos em pé, estourando os balões com os pés. - Simbolizando o extermínio de todas aquelas características que nos impedem de crescer e evoluir em todos nós.

Baseado na dinâmica do link: http://consultcom.org/blog/2008/02/25/187/

Atividade Central:

  1. Formar 5 Grupos e distribuir perguntas para um grupo e resposta para o outro grupo e vice e versa (metade para cada grupo).
  2. Cada grupo deve tentar responder 8’ em papel.
  3. Cada grupo deve apresentar a suposta resposta e então o outro grupo falará a verdadeira resposta. Cada grupo terá 2’ para apresentar a suposta resposta. +/-12’

1. O que é a prece? Uma conversa com Deus. Podemos conversar com Deus em qualquer hora e lugar, não precisando de uma posição específica (juntar as mãos, se ajoelhar), nem de imagens ou palavras difíceis. Para Deus o que importa são os nossos bons sentimentos, o que temos de bom em nosso coração.

2. Onde está o poder da prece? Esta no pensamento, não depende das palavras, do lugar, nem do momento que é feita. Ela deve ser feita com sinceridade e fé, acreditando que será atendida, segundo a vontade de Deus.

3. Por que precisamos orar? Para nos colocar em sintonia com Deus, para sermos auxiliados; para mais facilmente receber coragem, intuição ou ajuda de nosso Espírito protetor ou dos amigos espirituais.

4. Será que Deus sempre ouve nossas preces? E Ele sempre nos dá o que pedimos? Sim, sempre somos ouvidos, mas nem sempre o que pedimos é o melhor para nós, como um pai que não dá ao filho pequeno um brinquedo com o qual ele possa se machucar.

5. Devemos orar apenas quando temos dificuldades? Não. Devemos orar e agradecer quando tudo está bem para termos forças e fé para superar as dificuldades quando elas aparecerem. O evangelizador poderá citar como exemplo o que ocorre com a água da piscina: se a água não for tratada com produtos adequados e feita a limpeza regularmente, ela acaba ficando com tantas impurezas e sujeiras, que muda até a sua cor, tornando-se esverdeada e feia. Assim somos nós: precisamos da prece regularmente (todos os dias), a fim de que possamos estar em sintonia com Deus e permanecermos fortalecidos diante das dificuldades que fazem parte da vida de todas as pessoas.

5. Jesus ensinou: vigiai e orai. Explique. Vigiar nossos próprios pensamentos, sentimentos e atitudes (não ficar pensando ou falando sobre a vida dos outros). Orar a qualquer momento e em qualquer lugar, com palavras simples e sinceras. Lembrar que se estamos desenvolvendo a fé, a confiança em Deus e vigiando nossos pensamentos e atitudes, quando um problema surgir, nosso preparo espiritual (através do “vigiai e orai”) tornará a situação mais fácil de ser enfrentada.

6. Podemos também orar em grupos? Devemos. Quando oramos, emitimos vibrações positivas onde estivermos. Orando em conjunto seja aqui no centro ou em casa no evangelho no lar, unimos as energias e as vibrações emitidas, portanto sua força será muito maior pois todos estaremos com o pensamento no mesmo objetivo.

Para Casa - caça palavras:

Entregar a todos a Frase: Compreender e estudar exige esforço, porém traz felicidade, pois a razão facilita a compreensão, por isso é sempre importante perguntar o porquê das coisas e qual o motivo de acontecer, para poder compreender e melhor praticar o bem.

Fonte: Baseado na APOSTILA DE EVANGELIZAÇÃO ESPÍRITA INFANTIL, conforme o Currículo da FEB http://www.searadomestre.com.br/evangelizacao

Feedback

Qtde evang

Resposta do caça palavras

C

P

O

P

R

A

T

I

C

A

R

Ç

E

H

S

U

E

A

O

G

Ç

A

C

R

E

P

R

E

G

A

S

L

R

A

F

P

M

F

R

B

O

E

S

E

D

A

D

E

F

E

I

Q

E

B

P

E

A

C

O

N

T

E

C

E

R

I

O

T

K

T

L

I

R

I

E

N

V

D

A

T

R

F

H

K

R

O

A

S

I

U

E

V

D

R

A

Z

Ã

O

T

B

P

S

Ç

E

R

B

C

T

E

I

M

L

C

J

P

S

G

L

A

E

O

R

U

O

I

G

N

S

C

O

I

S

A

S

O

P

I

O

L

Ã

S

F

D

O

D

O

Ç

S

T

P

N

M

Ã

P

E

R

G

U

N

T

A

R

E

A

D

U

L

I

S

A

F

P

R

U

G

R

D

M

D

H

R

V

T

J

F

G

V

F

R

S

E

M

P

R

E

G

E

A

M

N

A

L

O

R

C

O

W

R

T

J

Z

U

O

C

J

Z


P1. O que é a prece?

R1. Uma conversa com Deus. Podemos conversar com Deus em qualquer hora e lugar, não precisando de uma posição específica (juntar as mãos, se ajoelhar), nem de imagens ou palavras difíceis. Para Deus o que importa são os nossos bons sentimentos, o que temos de bom em nosso coração.

P2. Onde está o poder da prece?

R2. Esta no pensamento, não depende das palavras, do lugar, nem do momento que é feita. Ela deve ser feita com sinceridade e fé, acreditando que será atendida, segundo a vontade de Deus.

P3. Por que precisamos orar?

R3. Para nos colocar em sintonia com Deus, para sermos auxiliados; para mais facilmente receber coragem, intuição ou ajuda de nosso Espírito protetor ou dos amigos espirituais.

P4. Será que Deus sempre ouve nossas preces? E Ele sempre nos dá o que pedimos?

R4. Sim, sempre somos ouvidos, mas nem sempre o que pedimos é o melhor para nós, como um pai que não dá ao filho pequeno um brinquedo com o qual ele possa se machucar.

P5. Devemos orar apenas quando temos dificuldades?

R5. Não. Devemos orar e agradecer quando tudo está bem para termos forças e fé para superar as dificuldades quando elas aparecerem. 5. Jesus ensinou: vigiai e orai. Explique. Vigiar nossos próprios pensamentos, sentimentos e atitudes (não ficar pensando ou falando sobre a vida dos outros). Orar a qualquer momento e em qualquer lugar, com palavras simples e sinceras. Lembrar que se estamos desenvolvendo a fé, a confiança em Deus e vigiando nossos pensamentos e atitudes, quando um problema surgir, nosso preparo espiritual (através do “vigiai e orai”) tornará a situação mais fácil de ser enfrentada.

P6. Podemos também orar em grupos?

R6.Devemos. Quando oramos, emitimos vibrações positivas onde estivermos. Orando em conjunto seja aqui no centro ou em casa no evangelho no lar, unimos as energias e as vibrações emitidas, portanto sua força será muito maior pois todos estaremos com o pensamento no mesmo objetivo.


Caça Palavra:

COMPREENDER e estudar exige ESFORÇO, porém traz FELICIDADE, pois a RAZÃO facilita a compreensão, por isso é SEMPRE importante PERGUNTAR o porquê das COISAS e qual o MOTIVO de ACONTECER, para poder compreender e melhor PRATICAR o bem.

C

P

O

P

R

A

T

I

C

A

R

Ç

E

H

S

U

E

A

O

G

Ç

A

C

R

E

P

R

E

G

A

S

L

R

A

F

P

M

F

R

B

O

E

S

E

D

A

D

E

F

E

I

Q

E

B

P

E

A

C

O

N

T

E

C

E

R

I

O

T

K

T

L

I

R

I

E

N

V

D

A

T

R

F

H

K

R

O

A

S

I

U

E

V

D

R

A

Z

Ã

O

T

B

P

S

Ç

E

R

B

C

T

E

I

M

L

C

J

P

S

G

L

A

E

O

R

U

O

I

G

N

S

C

O

I

S

A

S

O

P

I

O

L

Ã

S

F

D

O

D

O

Ç

S

T

P

N

M

Ã

P

E

R

G

U

N

T

A

R

E

A

D

U

L

I

S

A

F

P

R

U

G

R

D

M

D

H

R

V

T

J

F

G

V

F

R

S

E

M

P

R

E

G

E

A

M

N

A

L

O

R

C

O

W

R

T

J

Z

U

O

C

J

Z


Profa. Pri

Nenhum comentário:

Postar um comentário